segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Vovó Marta

Marta. Vovó de 8. Mamãe de 3. Nas mãos sacolas cheias de mercado. Cansou no meio do aclive. Não continuou. Uma olhadela ali. Outra acolá. Mais um instante. E outro. Tomou ânimo. Foi.


3 comentários:

Olinto A. Simões disse...

E como toda boa vovó, sem ajuda de ninguém e ajudando muito..., chegou lá.

Deisi Giacomazzi disse...

Fui...

Anônimo disse...

Bonito.Parabens